10 Benefícios do óleo essencial de melissa que você tem que conhecer



Pode ser que você conheça a melissa por erva-cidreira. Essa planta tem grande poder medicinal para tratar enfermidades.

A melissa, também conhecida por erva-cidreira, é utilizada comumente para fazer chá, mas também possui uma versão em óleo muito potente.

Seus benefícios para a saúde são reconhecidos tanto pela medicina tradicional quanto pela alternativa.

Entre tantos efeitos benéficos fornecidos por seus componentes, o óleo essencial de melissa auxilia no tratamento de hipertensão, enxaqueca, ansiedade, herpes, insônia e mais uma variedade de problemas que você verá a seguir, por conta dos seus efeitos terapêutico, antiviral e antimicrobiano.

10 Benefícios do óleo essencial de melissa

Se você sempre gostou de um chazinho de melissa antes de dormir, verá agora mais 10 razões para utilizar a planta no formato de óleo, que pode ser usado na pele, inalado ou ingerido, conforme a diluição correta e necessária, recomendada por um profissional.

1. Saúde da pele

O óleo essencial de melissa é uma boa forma natural acne, eczema e feridas causadas pela acne ou picadas de insetos, graças às suas propriedades antifúngicas e antibacterianas.

Ajuda na limpeza da pele e não causa irritação.

2. Controle do diabetes

Um estudo publicado no British Journal of Nutrition em 2010, feito com ratos de laboratório, mostrou que seus níveis de glicose no sangue foram consideravelmente reduzidos quando usaram óleo essencial de melissa por seis semanas.

3. Tratamento de infecções

Pesquisadores realizaram um estudo sobre o potencial do óleo essencial de melissa na interrupção de processos infecciosos causados por bactérias.

Perceberam que a citronela e o trans-cariofileno são os compostos da melissa responsáveis pela eficácia do efeito antimicrobiano, mostrando-se mais eficaz do que a lavanda, inclusive para tratar cândida.

4. Anti-inflamatório

Em 2013 um estudo publicado no Advances in Pharmacological Science  mostrou resultados satisfatórios ao aplicar óleo essencial de melissa em um edema (inchaço) na pata de ratos de laboratório, além da administração oral.

Dessa forma, as duas formas de uso (tópico ou interno) podem beneficiar inchaços e dores.

5. Melhorar sintomas de Alzheimer


Cientistas do Instituto de Envelhecimento e Saúde do Hospital Geral de Newcastle realizaram um experimento controlado com óleo essencial de melissa e outro placebo para verificar a agitação de pessoas que sofriam com grave demência.

Foram 72 voluntários nessa condição, divididos em 2 grupos.

Do grupo de usou óleo de melissa, 60% sentiu efeitos tranquilizantes, fazendo com que os médicos sugerissem a melissa com a mesma eficácia de determinados medicamentos.

6. Alívio dos sintomas da TPM

Um estudo realizado em 2015 com 100 adolescentes em idade do Ensino Médio mostrou bons resultados ao separar as meninas em dois grupos, um que utilizou placebo e outro que utilizou 1.200 miligramas de óleo essencial de melissa durante o ciclo menstrual de 3 meses.

As meninas que usaram o óleo relataram redução significativa dos sintomas.

7. Redução dos níveis de triglicérides

A melissa possui alcaloides fenólicos que são capazes de inibir a síntese do colesterol no organismo, assim como de lipídios no sangue e fígado. Em um estudo com ratos de laboratório tratados com o óleo, mostrou-se um retardo na síntese dos ácidos graxos, que acumulam gordura no corpo, assim, houve a redução dos triglicérides.

8. Redução da pressão arterial

A melissa pode aumentar a resistência cardíaca, além de reduzir os níveis da pressão sanguínea por causa dos seus efeitos antiarrítmicos, neuroprotetores, hipotensores, hepatoprotetores e anti-hiperlipidêmicos, de acordo com um estudorealizado com ratos.

9. Reduz os sintomas da depressão

Pelo seu potencial de agir na melhora do humor, trazendo paz e calor por meio do efeito sedativo e hipnótico, a melissa é considerado um tipo de antidepressivo.

Estudos com o uso do óleo essencial de melissa em jovens saudáveis também mostrou melhora do desempenho cognitivo, sem efeitos colaterais.

10. Tratamento de herpes

O óleo essencial de melissa é muito usado para herpes labial porque tem o poder de matar o vírus que a causa.

Em concentrações mais altas, um estudo mostrou que o óleo é capaz de eliminar o vírus completamente, mas é importante que seja recomendado por um médico.

Dica: Óleos essenciais de plantas são poderosos

Além da melissa, conheça também os benefícios de usar óleo de hortelã e lavanda.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico.

Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado.

E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.



Comentar

16 + 14 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.